Eu quero sim te matar, porque você tem uma mania surda de responder todas as minhas perguntas com um “ãhhh?” enjoado, e eu quero te socar porque você já descobriu tudo o que me irrita e gosta de me ver assim. Mas quando qualquer outra coisa no mundo me irrita, eu lembro que eu tenho você pra me fazer sentir essa raiva nossa de sitcom inteligente. Não somos um casal melado, mas duvido que tenha alguém que duvide do nosso amor. Quer dizer, a gente duvida, mas a gente é louco. (…) E eu te anulo o tempo todo dizendo para mim, repetindo para mim, o quanto você falha, o quanto você fraqueja, o quanto você se engana. E fazendo isso, eu só consigo te amar mais ainda. Porque você enterrou meu sonho aprisionado pela perfeição e me libertou para vivê-lo. E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo. E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado

1 comentários:

Capitu disse...

Que emoção teria um relacionamento perfeito não?
Se é a falha do outro que nos incomoda, mas nos dá a certeza do amor.. Pq por mais que vc as repudie, por mais que isto coma teu juízo, é o que mantém aceso a chama ..
A falha do outro nos faz pensar, ponderar em muito coisa, e mesmo que vez ou outra nos entristeça, fortalece dentro dentro nós a certeza..

( confuso né?) mas acho que é isso kkkkkkkkk

bjs

Postar um comentário

Olá,
Obrigada por compartilhar sua opinião.
Volte sempre (: